Ressonância Magnética do Coração

Tema: Ressonância Magnética do Coração

Dr. Bernardo Abreu]


A Ressonância Magnética do Coração, uma das mais modernas técnicas entre os exames de imagem, é solicitada quando o médico percebe a necessidade de uma avaliação completa do coração e de suas estruturas vasculares, tanto arteriais quanto venosas, permitindo o diagnóstico de problemas anatômicos, caracterização do músculo cardíaco e análise funcional do órgão. Além de auxiliar o médico no processo de investigação de doenças, este exame também avalia a resposta terapêutica clínica ou cirúrgica de diversas doenças cardíacas. Para falar melhor sobre o assunto, conversamos com o Doutor Bernardo Abreu, especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem.




Viva Mais Viva Melhor - Doutor, que doenças são mais frequentemente podem ser diagnosticadas pelos médicos a partir do resultado de uma Ressonância Magnética do Coração?


Dr. Bernardo Abreu – A Ressonância Magnética do Coração é um exame completo e complexo, que pode trazer informações muito importantes na avaliação de cardiomiopatias, doenças musculares cardíacas, doenças valvares, avaliações de doenças coronárias e a viabilidade miocárdica, também pode ser utilizadas para avaliações de pacientes com arritmias, doenças de vasos de aorta e vasos pulmonares, além de doenças congênitas que são doenças em que o paciente já nasce com ela na sua infância.


Viva Mais Viva Melhor - Além de ajudar o médico no diagnóstico de doenças, como este exame pode auxiliá-lo na avaliação de respostas terapêuticas clínicas ou mesmo cirúrgicas de doenças cardíacas?


Dr. Bernardo Abreu – Esse exame ele pode não só ajudar na avaliação do resultado dos procedimentos, mais também na indicação desses procedimentos, podendo definir melhor os pacientes que se beneficiariam de tratamento intervencionista como cirurgias ou angioplastia. Podem também avaliar sua respostas a terapêuticas, seja ela por correções anatômicas, onde você pode reavaliar o paciente para saber se a correção teve o resultado esperado ou em pacientes, por exemplo, com arritmias que após o tratamento direcionado aquela patologia você pode reavaliar o paciente e conseguir definir que aquele resultado trouxe benéficos ou não.


Viva Mais Viva Melhor - Como deve ser o preparo do paciente para a Ressonância Magnética do Coração?


Dr. Bernardo Abreu – O preparo do paciente para ressonância magnética do coração é um preparo bem simples, não há nenhuma necessidade de um preparo especifico para o procedimento, a única necessidade que nos temos é um breve jejum em torno de 2 a 4 horas, não tem nenhuma medicação de preparo, não tem nenhuma outra indicação de preparo mais especifico.


Viva Mais Viva Melhor - Quanto tempo dura e como é feita a Ressonância Magnética do Coração?


Dr. Bernardo Abreu – É um exame realizado num aparelho de ressonância de campo magnético, habitualmente de um e meio a três, o exame tem a duração aproximada de 40 minutos a 1 hora, o paciente precisa ficar praticamente parado durante esse tempo, e tendo o auxilio dos biomédicos que estão realizando o exame para que possam prender a respiração durante alguns segundos no momento da aquisição das imagens.


Viva Mais Viva Melhor - Em que casos o uso de contraste é necessário? Qual o objetivo dessa utilização e como o contraste é aplicado?


Dr. Bernardo Abreu – O contraste na ressonância do coração ele é utilizado em praticamente em todos os casos, ele é um contraste paramagnéticos com poucos índices de efeitos adversos, é um contraste em pouco volume, então é utilizado habitualmente entre 20 e 40ml de contrates, e a intenção para essa utilização é que você possa caracterizar melhor a parte tecidual do coração, então a parte muscular, a parte de pericárdio, então as estruturas anatômicas são melhores avaliadas com o uso do contrates, então praticamente todas as ressonâncias do coração são avaliadas com o uso do contrates durante a sua aquisição.


Viva Mais Viva Melhor - O paciente sente dor ou incômodo durante a Ressonância Magnética do Coração? Em que casos a sedação é necessária?


Dr. Bernardo Abreu – Não há nenhum tipo de incomodo durante a realização do exame, não a dor, não a mal estar, a única necessidade é de se ficar o mais quieto possível durante o procedimento. E sedação é apenas utilizado em pacientes que tem claustrofobia importante e não tenham condição de permanecer em ambientes fechados por um tempo mais prolongado.


Viva Mais Viva Melhor - Há contraindicações ou riscos relacionados ao exame? Quais são?


Dr. Bernardo Abreu – Os ricos são muitos pequenos, como falei pelo uso do contrate você sempre tem algum risco, mais o contrates da ressonância é um contraste muito seguro, o risco é praticamente inexistente. Contra indicações existe sim, sobretudo em pacientes que tem algum implante metálico anterior, por exemplo: auditivos ou alguns tipos antigos de marca-passo, em paciente já com marca-passos mais modernos já é possível fazer a ressonância, isso pode ser avaliado caso a caso.


Viva Mais Viva Melhor - Considerando que anomalias congênitas, ou seja, aquelas presentes no coração desde o nascimento, podem ser visualizadas pelo exame, surge a dúvida: Como o procedimento é realizado em recém-nascidos e crianças pequenas, considerando que elas não param de se movimentar, diferentemente de um adulto?


Dr. Bernardo Abreu – Em crianças até 3 meses habitualmente, elas têm poucos movimentos e quando é possível fazer uma contenção dos seus movimentos e assim adquirir o exame sem nenhum tipo de sedação. A partir dessa idade até uma idade onde a criança possa compreender as orientações durante o exame não ha outra forma de fazer se não com o uso da sedação.


Viva Mais Viva Melhor - Doutor, um seguidor do Viva Mais Viva Melhor no Instagram nos enviou a seguinte pergunta: Qual é a diferença entre a ressonância magnética do coração e a tomografia cardíaca?


Dr. Bernardo Abreu – São 2 exames que vem crescendo bastante a sua utilidade, mas cada um com um benefício, a ressonância ele é um exame mais completo para uma avaliação e caracterização tecidual, entretanto é um exame mais demorado é um exame que demanda um pouco mais de atenção durante a sua realização, a tomografia tem como sua utilidade mais comum a avaliação de vasos e de doenças arterial coronária com caracterização de placas e obstruções. Então basicamente a ressonância ainda é utilizada mais com uma caracterização tecidual de músculos de estrutura cardíacas, enquanto a tomografia é utilizada mais comumente para avaliações vasculares.


Viva Mais Viva Melhor - Em quanto tempo sai o resultado de uma Ressonância Magnética do Coração?


Dr. Bernardo Abreu - 5 dias uteis


Viva Mais Viva Melhor - Conversamos com o Doutor Bernardo Abreu, especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem. Doutor, muito obrigada por essa brilhante entrevista!


agende sua consulta com nosso médico e tire todas suas dúvidas.

32 visualizações

Clínica de Diagnóstico por ImagemUnidade Itaigara

71. 3797 8500   |  71. 99718-8505

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

OUTROS EXAMES | ENTREGA DE RESULTADOS

  • Av. ACM 846, lojas 25, 26 e 27 Edf. Max Center.

  • Av. ACM 1034 sala 229A - Edf. Pituba Parque Center.

Clínica de Diagnóstico por ImagemUnidade Shopping Bela Vista

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA E TOMOGRAFIA 

  • Alameda Euvaldo Luz , 92 - Piso L2 Loja 92 -  Shopping Bela Vista